Protocolo Humaniza implante

Protocolo Humaniza implante

De acordo com levantamentos oficiais, ao longo dos anos até a adolescência, as pessoas perdem, em média, apenas um dos dentes. Entre os jovens de 20 a 24 anos, a perda é de, em média 1,30 dente. Na fase adulta, entre 35 e 44 anos, o número salta para a média de 13 dentes extraídos e, no idoso acima de 64 anos, o número é ainda maior: em torno de 25 dentes. 

Antigamente, poderia se considerar que os indivíduos tinham duas grandes etapas: primeira dentição (dentes de leite) e segunda dentição (dentes permanentes). Com a evolução da odontologia, pode-se afirmar que os implantes dentários se estabeleceram como a terceira dentição. 

Cada pessoa possui características históricas que a fizeram sofrer com perdas dentárias simples, que refletem em alterações estéticas que podem piorar, ou mais complexas, que podem impedir a alimentação adequada, diminuir a autoestima, causar isolamento social e que podem evoluir para problemas mais graves de articulação e outros. 

 Tratamentos mais simples 

Atende pessoas com perdas unitárias ou de mais de um dente. Esses tratamentos podem ser realizados em procedimento único, a depender da quantidade de osso na região do dente a ser tratado. Consiste em um tratamento rápido e de baixa sensibilidade dolorosa, mesmo porque é feito sob anestesia. 

Tratamentos mais complexos 

Atende pessoas que possuem dentes, mas que estão comprometidos com perda óssea e mobilidade, e também pessoas que não possuem qualquer dente e que habitualmente utilizam de próteses do tipo dentadura. 

Pessoas que possuem dentes, mas que esses estão comprometidos, podem ser submetidas a extração dentária unitária ou múltiplas e instalação imediata de implante e coroa provisórios em uma única sessão e, posteriormente, após o período de cicatrização, finalização com o dente definitivo.   

Já aqueles pacientes que não possuem dentes e que contam com características apropriadas, podem ser submetidos aos procedimentos denominados de carga imediata e de cirurgia guiada

 O implante com carga imediata é a técnica pela qual se colocam próteses imediatamente após a cirurgia ou poucos dias depois da instalação do implante. As próteses utilizadas na carga imediata são temporárias e devem ser substituídas após algum tempo — até seis meses.

cirurgia guiada, também chamada de implante dentário sem cortes, é uma técnica inovadora que possibilita o implante com muito mais conforto e rapidez. Ela substitui a cirurgia convencional com eficiência e precisão. 

Por mais que aparente ser um procedimento complexo e doloroso, na verdade, normalmente não é. Isso porque, atualmente, com a evolução da odontologia e utilização de métodos tecnológicos mais avançados (3D), um procedimento que antigamente duraria 2 horas, pode durar em torno de 20 minutos. Isso é possível porque os exames tridimensionais permitem que o cirurgião saiba com muito maior precisão os pontos mais adequados para a inserção dos implantes. 

Na Humaniza Odontologia contamos com uma equipe de profissionais com vasta experiência em implantes e reconstruções (como a cirurgia ortognática) que têm como principal objetivo humanizar o tratamento odontológico, de tal forma que você alcance seu sorriso da forma mais confortável possível, respeitando, principalmente, as limitações de pacientes idosos ou portadores de necessidades especiais. 

Corpo clínico Humaniza odontologia

Marque sua consulta agora mesmo!